terça-feira, 20 de novembro de 2012

Os preços realmente baixam

Há 10 anos atrás, um corte de cabelo meu com lavagem e brushing custava-me 22 euros no meu cabeleireiro lá da zona, inserido num centro comercial. Aos dias de hoje, já não vou a esse cabeleireiro porque me fica fora de mão, mas costumo ir a um outro também muito parecido e inserido também num centro comercial, e com o mesmo tipo de atendimento.
Aos dias de hoje, o meu corte de cabelo, igualmente com lavagem e brushing custa-me 17€. É estranho não é? Não coloco produtos nenhuns extra, nem creme nas pontas nem o diabo a 4 que me tentam impingir, mas é só para se ter uma noção de quanto, por vezes, nos inflacionam os serviços por pura ganância.
Quando a economia aperta, vai-se a ver e afinal, afinal, é tudo mais barato.
E pronto. Era só para partilhar convosco!

2 comentários:

tralhasdemulher disse...

não concordo em tudo, muitos preços são inflacionados sim, mas muitos estabelecimentos pequenos tiveram que baixar os preços ao ponto de quase não terem lucro, apenas para sobreviverem! Temos os dois tipos de situação...

beijinho

akombi disse...

Por vezes esse baixar de preços dá mal resultado e má concorrencia, falando em particular da minha área, manutenção e construção de jardnis, anda por aqui uma onda de novos jardineiros, pq até é fácil compra-se uma máquina e lá vai disto, depois fazem preços que não lembra a ninguém...um ex, um cliente pede-nos orçamento para abate de palmeira morta vitima do escaravelho, dá-mos orçamento de 400€, outro colega dá 600€, acaba por ir lá um jardineiro que apareceu recentemente aqui na zona e corta por 160€, cliente feliz ainda se gaba mas não vê o quanto está a fazer mal á economia a começar pq nós pagamos impostos, seguros, segurança social, combustivel, desgaste das máquinas, mas não veem isso, o importante é o "meter dinheiro ao bolso".