quarta-feira, 13 de julho de 2011

E a menos de 1 mês de fazer 3 anos

Cortei-lhe o cabelo pela primeira vez, desde que nasceu.


Sou uma cabeleireira de bradar aos céus, mas até correu bem.

Até hoje o seu cabelito ainda não tinha crescido o suficiente para cortar. Tem sido muito tímido o seu crescimento e só o cortei por estar demasiado desalinhado e ser muito fininho. Daí que estava a precisar de uma cortadela para fortalecer e ficar certo.
Portou-se muito bem, mas não arriscava este feitiozinho a ficar sentada numa cadeira de um cabeleireiro à séria.

Fica para a próxima :)

4 comentários:

Retrato a Sépia disse...

;) Ficou muito bom!

Anônimo disse...

bom dia, sou pontualmente seguidora do seu blogue porque um dia aqui passei, gostei e ficou nas bookmarks. de vez em quando cá passo, gosto de o ler! curiosamente hoje vi um post que me toca, tenho uma filha que vai fazer 7 anos e nunca lhe cortei o cabelo, deve estar mais ou menos como a sua. Falei várias vezes com o pediatra que me disse que era saudável e para me descansar mandou-me ir a um dermatologista. assim fiz e disse-me o mesmo: estava tudo ok, era uma questão hormonal e que com o tempo iria crescer. Eu sei, acredito mas também sei que mexe com a auto estima da minha filha, até porque a mais nova de 5 anos tem uma cabeleira farta. enfim, gostava só de saber o que lhe disseram, faz alguma coisa?? que conselhos lhe deram? obrigada!

Francesca disse...

Já há algum tempo que no colégio me diziam para lho cortar, para ficar mais forte e alinhado. Porque realmente é a cortar que ele fortalece.
Mas agora quando for à pediatra, também vou falar no assunto (embora ela nunca tenha referido nada), pois acho que o cabelito ainda é ralo. O irmão tem uma cabeleira tão farta....

Girls' Things disse...

Eu tenho o hábito de retocar meu cabelo em casa. :)