quinta-feira, 21 de julho de 2011

Constatações dolorosas

Há cerca de 1 mês, quando estávamos de férias, reparei completamente por acaso que os 2 dentinhos de baixo do meu filho estavam timidamente a começar a abanar. Fique quase em estado de choque por ser tão cedo, aos 5 anos e meio, que o meu bebé grande ía começar a transformar-se de uma forma tão óbvia, que não me deixa esconder o bebé menino que está a ficar para trás.
Nos dias que se seguiram, de vez em quando ía ver novamente os dentinhos e reparei que não abanavam mais do que já tinha visto e que a coisa parecia ter estagnado. Não falei mais do assunto e quase tentei ignorar o facto.

Hoje, disse-me que estava a sentir que quando juntava o maxilar de cima com o de baixo, sentia o dente a ir para trás. Fui ver e agora ele está realmente a abanar. Não há dúvida. O dente que está ao lado também abana mas muito pouco. Agora aquele, está quase.

Isto pode parecer parvoíce, mas não imaginam o que me está a custar. E tenho inveja daqueles meninos a quem só começam a cair os dentes já com quase 7 anos, fazendo prolongar uma criancice que não existe, mas cuja aparência está lá!
O meu filho está a deixar de ser um menininho para ser já um rapazola. E vai passar a ter esse facto bem constatado na aparência da sua tenra idade mostrando as transformações do seu corpo. Para mim, este sinal, é como se fosse uma campaínha que foi tocada no seu interior e que diz: "Está na hora! Comece a transformação de menino em grande!"

Eu sou uma saudosista, eu sei!
Sou muito nostálgica, eu sei!
Mas isto está a custar-me mesmo muito! Tenho uma faceta que me agarra ao passado das coisas boas não conseguindo agarrar-se ao bom que o futuro pode trazer.

E pronto, o texto já vai longo....

Um comentário:

Casa Encantada disse...

Engraçado,sou igual, muito nostálgica e saudosista!A minha filha tinha 6 meses e eu já dizia que tinha saudades dela bébe :))
Eles crescem muiiiito rápido, eu percebo o que sentes, oh se percebo :)
BJ