sábado, 2 de julho de 2011

Charlene do Mónaco

Não quero ser má-língua....
Mas tenho 2 impressões relativas a esta rapariga/mulher:



1ª Que a moça não está feliz, e lhe vejo muitos fantasmas a assombrarem-lhe a mente
2º Que a moça não consegue esboçar devidamente um sorriso à conta de ajustes plásticos já feitos.

Será que o que digo terá fundamento?

oxalá que não, e que consiga rapidamente engravidar de um lindo bebé....rapaz, claro! :)

3 comentários:

teardrop disse...

Eu, infelizmente, concordo contigo. Apesar de tudo, espero que consiga ser feliz!

Anônimo disse...

É um pouco difícil mostrar felicidade, quando o marido, ainda noivo, é confrontado, novamente, com um pedido de confirmação de paternidade, visto que eles namoraram durante cinco anos! A não ser que a criança já tenha seis anos, o que não é caso.

E tirarem o passeporte, impedindo-a de ir para casa, também é capaz de não trazer muita felicidade. Mas, seja como for, a opção de ficar/casar foi sempre dela.

Retrato a Sépia disse...

Infelizmente, parece que os contos de fadas não passam dos livros para crianças, que nos fazem acreditar, desde pequenas, que o mundo pode encantar! Tenho a impressão que as lágrimas derramadas no momento em que foi à capela entregar o ramo de noiva, não foram apenas de extrema comoção, mas sim de extrema aflição... Espero estar 100% enganada...