sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Vítor Gaspar

Vítor Gaspar. Gosto de o ouvir discursar.
Em tom de ameaçado, quase como a pedir desculpa pelo que diz, pelas decisões que toma. Explica tudo como se tivéssemos todos 3 anos e precisássemos ter noção do que é a vida que nos rodeia, para não sermos comidos pelo lobo mau ou pelo bicho papão.

No final de cada discurso, dá vontade de o ir confortar, fazer uma festinha na cabeça e dizer:
-Pronto, pronto, já passou....está tudo bem.
Cá bjinho.



2 comentários:

Anette disse...

A mim transtorna-me cá de uma maneira, parece que o homem está sempre com falta de energia e que vai desfalecer a qualquer momento...

Beijinho

Francesca disse...

LOL