sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Só querer estar na pele de um filho

Hoje aconteceu uma coisa muito incomodativa. Estava num parque infantil com a minha pequenina, enquanto o irmão tinha uma aula de ténis. Sentei-me no banquinho enquanto ela andava por lá a trepar paredes de escalada, andar nas cordas, baloiço, descer do escorrega. Nisto ouço-a dar um grito. Depois outro e desata a chorar, mas aos berros sem parar. Fico aflita porque nem a estava a ver, tapada pela infraestrutura de escorregas cordas e afins, e não parava de berrar. Levantei-me de repente e vejo-a em cima de uma parte com cordas, a berrar e a mexer uma das mãos violentamente. Nunca a tinha visto chorar tão alto. Nunca! Por isso seria certamente mais grave do que uma feridita normal. Olhei depressa à procura de sangue ou de algo estranho e não via nada. Perguntava-lhe o que se tinha passado e ela só berrava. Pedi-lhe para descer dali mas ela não fazia mais nada senão chorar (a gritar). Um senhor que estava por perto, resolveu subir pelas escadas que tinha ao pé para ir buscá-la, e perguntou:
- Entalaste-te foi?
E ela, a berrar violentamente só disse:
- Não!!! Fui picada por uma abelha!!!!
Olhei-lhe para a mão e vi o ferrão (enorme). Mal me deixava ver a mão, berrava que se desunhava, e saímos dali à procura de algo (ou alguém) que nos pudesse ajudar. Ela nem queria ouvir que tínhamos de lhe tirar aquilo da mão (berrava ainda mais) e pusemos toda a gente à volta a olhar para nós. Lá arranjámos uma pinça e água oxigenada e tivémos de ser 3 adultos a agarrá-la para que segurássemos a mão com firmeza. Uma senhora lá lhe conseguiu tirar o ferrão que, embora eu nunca tivesse visto nenhum, disseram todas que era enorme. Esteve a chorar mais de meia hora. Já soluçava, gemia com dores, e eu ali, a tentar consolá-la de uma dor que preferia que fosse minha. Tadinha da minha bichinha. Só depois de chegar a casa e de por fenistil é que acalmou. Felizmente não inchou muito e agora à noite já quase não se notava a ferida. Disse que lhe doía só quando fazia força. Tadinha. Uma dor tão forte para um corpinho ainda tão pequenino. Minha linda!

2 comentários:

Coisas que Faço disse...

Ai, custa tanto! Vai pondo gelo também, alivia bastante. E espero que passe bem depressa :)

Bis!

Marisa Vinagre disse...

Boa noite!
Coitadinha da princesa.
Custa mesmo muito!!! A minha filhota tb já foi picada quando era pequenina e lembro-me bem da aflição.
Espero que já esteja bem.
Boa semana