quinta-feira, 5 de março de 2015

Nova vacina contra a meningite

Fui dá-la no outro dia aos meus filhos, tal como a pediatra me recomendou. Fico sempre de pé atrás quando as vacinas são recentes e morro de medo de efeitos secundários, mas confio cegamente na pediatra e já tinha muitas colegas à minha volta que tinham igualmente seguido o procedimento. Já tinha inclusivé comentado com uma outra pediatra que tem filhos da idade dos meus, e também me tranquilizou quanto ao facto. Mas custou muito. Custou porque, apesar de me dizerem que esta vacina dava mais dores no braço do que as restantes comuns, não pensei que fossem dores daquela ordem de grandeza. Nunca tinha visto os meus filhos tão em baixo, os dois ao mesmo tempo a chorarem baba e ranho com as dores que tinham. Mal mexiam o braço. De tal forma que, por uns breves momentos em que os vi naquele estado, pensei: Meu Deus, o que fui eu fazer aos meus filhos, e aos 2 ao mesmo tempo? Tiveram de faltar às atividades físicas dos dias seguintes e ainda bem que foram levar a vacina a uma 6ª feira. Ainda lhes apareceu uma ponta de febre (coisa que nunca lhes costuma acontecer também), e eu na primeira noite nem dormi nada descansada. Enfim, agora já passou. O problema é que falta dar mais uma dose daqui a 2 meses (já agora, cada dose custa a módica quantia de 95€ e não é comparticipada), e não sei como os vou conseguir convencer a irem à 2ª dose com o trauma que apanharam da primeira.
Foi duro. Por isso, e para que estejam prevenidos a quem decidiu dar igualmente a vacina, preparem-se para a desgraça!

2 comentários:

acomidadavizinha disse...

Olá Francesca,

Não quero desanimar, mas ouviu várias opiniões a respeito dessa nova vacina e dos efeitos secundários que poderá ter a longo prazo?
Gostei de ler o seu post, pois ando neste impasse de dar/não dar...
E já tive 2 opiniões diferentes, mas a opinião do não dar e segundo o que me explicaram deixa-me bastante receosa de eu tomar a decisão de dar a vacina ao meu filho...
Realmente não sei que faça.
E sim, esses efeitos que dão logo após são uma chatice, espero que eles estejam melhores e que não ganhem medo para conseguirem tomar a próxima dose...

Beijinhos e tudo de bom***
Joana

Francesca disse...

Sim, ouvi várias opiniões, e percebi que num congresso de pediatria, decidiu-se a favor de dar a vacina, que já é comercializada na Europa há mais tempo e inclusivé de já estar a entrar no PNV. Tb li um comentário de um outro pediatra que explivaca que pelo facto de já se daram vacinas da meningite (da outra) há alguns anos aos miúdos, esta meningite que é rara mas muito grave, começou a tomar mais preponderância....logo, já não hesitei.
Boas escolhas!

bjs