terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Mothers' ....

Eu: Vem para a mesa! (repito 50x)
Ele: Nada....
Eu: Tens de estudar, que esta semana tens testes (repito 50x)
Ele: Não, não quero estudar. (seguido de birra)
Eu: Está na hora de ir para a cama, vamos lá arrumar as coisinhas (repito 50x)
Ele: Não, não quero (seguido de birra)

E é só o que ele me diz...e faz...

Conclusão: Anda sempre chateado comigo, e diz que eu sou uma mãe muito má, que não o deixa fazer nada.

A sério que há dias em que já não sei o que hei-de fazer a este miúdo. Isto é suposto ser mesmo assim, ou é melhor deixá-lo?
Ando a pensar se não é melhor deixá-lo bater com a cabeça nas paredes. Não queres vir para a mesa? Não venhas! quando eu acabar de comer já não há comida na mesa. Não queres ir para a cama? Não vás, depois quando adormeceres na escola, logo vês! Não queres estudar? Não estudes! Quando tiveres notas da treta lá terás a devida consequência.

O que faço a um miúdo tão revoltado com a disciplina da vida?

2 comentários:

Criações Encantadas disse...

Por vezes - não muitas, mas as suficientes - é preciso deixá-los errar, penar um pouco e sofrer as consequências. Isso fará com que, a seu tempo, dê o valor à mãe que tem :)

Não desanimes, é apenas uma fase :)

Anônimo disse...

Já respondeu às suas próprias perguntas!!!
As crianças só aprendem com os seus próprios erros....e mesmo assim....